segunda-feira, 20 de abril de 2009

CONHECIMENTOS E... EMBIRRAÇÕES!!!

Os conhecimentos que travamos com outras pessoas podem assumir um papel de grande relevância. Sobretudo hoje em dia, permitem, por vezes, ajudar a abrir muitas portas. Todavia, nem sempre se pode contar com o auxílio de terceiros...

Esta passou-se num sábado há umas semanas. Estava eu num bar nos arredores de Lisboa, com o Geninho e o Polícia, quando o Geninho teve a ideia de irmos a um conhecido local da noite lisboeta. Ele conhecia o porteiro daquele estabelecimento - seu antigo treinador de futsal - e, segundo ele, nem íamos pagar entrada. E lá fomos nós...

O porteiro estava no local e quando chegámos à porta, ele cumprimentou o Geninho, mas ao reparar que éramos três homens, advertiu que sem companhia feminina não nos podia deixar entrar. O Geninho ficou lixado, mas, pronto, tentei acalmá-lo e sugeri uma ida ao Bairro Alto beber qualquer coisa. No entanto, ele não se conformava e sentia-se até com o orgulho ferido, pois tinha-nos dito que ali até entrávamos à 'borlix' e, afinal, nem a pagar...

Quando estávamos a sair do local, passaram três mulheres por nós (uma delas upa, upa...) e o Geninho não foi de modas, perguntando-lhes se iam ao referido sítio. Como elas afirmaram que sim, ele explicou-lhes a situação e elas disseram que podíamos entrar com elas. Eu e o Polícia 'estavámo-nos nas tintas', mas o Geninho estava mesmo determinado em ir lá...

Fizemos marcha-atrás e colocámo-nos na fila com elas. Quando chegou a nossa vez, foi o descalabro. O porteiro virou-se e disse: "As senhoras podem entrar, os senhores não". Confesso que, se da primeira vez até tinha feito um esforço para compreender, desta vez não foi mesmo possível entender a atitude do homem, muito menos para com uma pessoa conhecida. Foi pura embirração e estupidez!

O porteiro ainda se virou para ele e disse: "Não vens para aqui sabotar o meu trabalho, T.". O Geninho, sentindo-se traído e revoltado, respondeu-lhe logo "tu não me deixas entrar, nem me trates pelo meu nome...". Enquanto isso, as raparigas, bastante simpáticas, estavam à porta a ver no que dava, mas eu agradeci-lhes e fiz-lhes sinal para irem à vida delas.

Não valia a pena entrar em discussão. Eu e o Polícia tirámos o Geninho dali e fomos até ao Bairro Alto, mas ele ficou desolado toda a noite. "Andei a beber copos com ele e agora faz-me isto...", disse ele uma série de vezes.

Já nem com os conhecidos se pode contar...

PS - Para quem ainda não votou na sondagem, aguarda-se a vossa participação. A gerência do tasco agradece e promete oferecer uns bagacinhos do melhor!

Abraço/beijinhos e votos de uma boa semana

54 comentários:

Catwoman disse...

Coitado do Geninho pá não tem sorte nenhuma!!

Agora a sério essas situações acontecem a toda a hora pensamos que podemos contar com uma pessoa e afinal não é bem assim...

Beijinhos :)

Carol disse...

Eu conheço muita gente mas, como digo sempre, amigos contam-se pelos dedos e os de uma mão são mais do que suficientes!

Mimo Azul disse...

Será que o geninho não arranjou umas confusões anteriormente ?!
É a única justificação que encontro... ou então o gajo é PARVO!!!
Em tempos de crise dispensar assim clientes... não é para todos!!!

bjca
boa semana!

susana disse...

eu já votei:P pobre geninho:P eheheheh. Desculpa mas até que me ri. Há pessoas a morrer à fome pá!:P Agora a sério... talvez o Geninho também tenha feito das boas...:P
Beijinho para ti
su

Hugo Santos disse...

Bem esta história deixa-me mesmo mal! Detesto injustiças e acredita que nem é por uma questão de ser conhecido. Já nem vou por aí! Vou pela falta de carácter que essa pessoa demonstrou ter ao deixar cair o pano! Isso fez-me lembrar de imediato a fábula do lobo e do cordeiro.

Vou colocar aqui para quem não conhece. Vão perceber de imediato quem é o "segurança" e quem era o "Geninho"... Peço desculpa estar em português do Brasil, mas foi a que encontrei na net.

O cordeiro bebia água no córrego que corria em um trecho de terreno inclinado, quando avistou um lobo que fazia a mesma coisa um pouco mais acima de onde ele estava. O pequeno animal bem que tentou se esconder atrás de uma moita, mas antes que pudesse fazê-lo a fera também o avistou, e como ela estava cansada e irritada com a fome que fazia seu estômago doer, foi logo perguntando com cara de poucos amigos: - Como é que você se atreve a sujar a água que estou bebendo? E o cordeiro respondeu:
- Senhor lobo, eu não estou sujando nada, porque como a água está vindo daí para cá, não é possível que isso aconteça.
Mas o lobo retrucou:
- Isso não interessa, porque você vai ter que me explicar por que andou falando mal de mim no ano passado.
- Mas senhor lobo, no ano passado eu ainda não havia nascido.
- Se não foi você, então foi seu irmão. - Me perdoe, senhor lobo, mas eu não tenho irmão, sou filho único.
- Se não foi você, então foi algum conhecido seu, algum outro cordeiro, o cachorro que guarda o rebanho, ou até mesmo o pastor. O fato é que eu fui ofendido e por isso preciso me vingar.
E então o lobo avançou sobre o cordeiro indefeso, agarrou-o com os dentes e foi embora à procura de um lugar tranqüilo onde pudesse comer a sua presa.

Moral da história: Infelizmente, a razão do mais forte é a que sempre prevalece.

Sílvia disse...

Pois não se pode estar a espera de contar com ninguém hoje em dia. É um bocado triste mas é sempre assim...

bjo****

Fada disse...

Pois... A questão é que só sabes um lado da história... Não sabes os antecedentes desse relacionamento.

Estou como alguém diz: amigos, contam-se pelos dedos das mãos e chegam bem.
"Amigos de copos" não são amigos.

Beijitos e bom dia! :)

Solita disse...

Se não keria deixa-lo entrar então porque disse da primeira vez que faltava a companhia fememnina??


Enfim!! O teu amigo k lhe faça o mesmo qd ele for ao local de trabalho dele.

heheheheh


Jokas

Miepeee disse...

Coitadinho do Geninho, ele tem que ir a bruxa ...ahahahha
Beijinho.

LionMaster disse...

É de facto isso mesmo!! Há pessoas que não merecem ser chamadas de amigos.

Abraço.
Boa semana

Ana C. disse...

ODEIO essa pré-lavagem que se faz à porta das discotecas. Com base em que critérios é que será feita a escolha pelo monte de músculos acéfalo que está à porta?
Acho de uma humilhação sem limites andar a pedinhcar a um porteiro. Foi por essas e por outras que deixei de ir a discotecas. Já não há pachorra.

Isa disse...

Tens razão,meu Amigo.Sabes o que dói? É serem aqueles a quem chamamos amigos...
Beijo.
isa.

nika_liu disse...

Essa pessoa encaixa-se no rótulo de conhecido e não amigo...

vício disse...

esse porteiro é dos bons!

Spirit disse...

Tristeza... fico "possuída" com estas cenas tristes :(

DANTE disse...

Pois é amigo Barata , serviço é serviço e conhaque é conhaque ;D

Um abraço

Green Eyes disse...

Ó pobre Geninho... tens de contar uma que lhe tenha corrido bem... É que assim o moço ainda se vai tornar no “Calimero” da blogosfera ;)

Infelizmente esta situação “espelha” outras que vão acontecendo ao longo da vida!
Mas o mais caricato é que por vezes os Srs. “poderosos” fazem tanta selecção à entrada que quando entramos a 1ª coisa que fazemos é sair…

bj

Eu (in)felizmente já não conto com os outros em muita coisa, mas como sou uma "believer" os outros podem continuar a contar comigo :)

Olhos Dourados disse...

Então afinal qual foi a desculpa para não deixar entrar??

Gi disse...

Amizades de copos não devem ser muito de fiar.

Indecisa disse...

Não me surpreendeu.
Regra geral as pessoas so se lembram que foram bons colegas/amigos quando precisam de favores. Como neste caso era o teu amigo a "precisar" dele, ele mandou-o "à fava" se fosse ao contrario, eram os melhores amigos! é o que mais há...

Oh Geninho... ele é um cócó.. nem merece mais que lhe des um simples boa tarde.

Girstie disse...

Bom na realidade o porteiro apenas não abriu excepções para conhecidos mediante as regras da casa. Foi apenas estúpido qd vocês tinham "companhia" feminina para entrar. Aí sim, já não foi bem de acordo c as regras da casa.

E as meninas foram simpáticas :)
beijo

Pedro Barata disse...

Pessoal, não falei em amizades, mas em conhecimentos!

Mimo Azul, Fada e Susana: Não havia problema nenhum...

Dante: Serviço é serviço, embirração é embirração. Se na primeira vez eu até entendi como dizes, na segunda não há justificação...

Abraço/beijinhos a todos

Miguel disse...

podeiam ter convidado as senhoras para ir a outro sítio e assim não levavam com o porteiro :)

ML disse...

Não há critérios para esses seguranças...pfff!

albana disse...

essa cena foi lixada!!!

acho que o segurança quis dar uma de importante...

esse geninho anda com azar... a sorte dele é ter um amigo Barata

bjinho
albana

Lita disse...

Realmente, na segunda vez o porteiro mostrou bem quem era... um idiota!

paulofski disse...

Também fui barrado à porta de umas discotecas mas nunca destinei, virei-lhes costas e nunca mais lá fui, tão simples como isso!

Abraço

Hugo Santos disse...

Volto a postar neste teu texto. Concordo plenamente contigo daí ter-me lembrado de imediato daquela fábula e colocado a mesma.

O que me choca mais nestas histórias (existem muitas infelizmente) nem é o facto de ser conhecido e não o ter ajudado. É sobretudo a falta de argumentos que as pessoas têm e quando se vêm totalmente desprovidos dos mesmos ou dessa capacidade argumentativa, terem o descaramento de partir para a "força" como foi o caso. Não em termos físicos, mas partiu claramente de uma posição superior (o cargo que ocupava) para levar a avante dele sem razão nenhuma tendo em conta a sua argumentação anterior e sem mesmo uma justificação válida.

Vá-se lá se perceber estes "lobos" de hoje! Revoltante...

Histérica ® disse...

Amigos amigos, negócios a parte...

Já votei há uns dias!

;D

kitinha disse...

e eu gostei do teu =)

José Albino disse...

Infelizmente aqui quem ficou 'mal' foi o geninho.

Mas ca se fazem, ca se pagam... E Porteiros destes a em todo o lado, que nos fazem lembrar que temos que escolher bem as companhias... porque amigos são raros.

O que sobra da noite e uma borga no Bairro Alto, afinal que foi melhor de certeza.

Shakti disse...

Existem pessoas que quando pensam que têm algum posto importante são mesmo importantes...quando não passam de insignificantes....Nem vale a pena dizer mais nada !

bj

lilipat2008 disse...

Nunca percebi essa de não poderem entrar, seja por que motivo for...e nem é por ser conhecido, mas é uma estupidez...se têm um espaço aberto ao público têm que aceitar o público...não percebo, a sério. Claro que há situações de pessoas que já arranjaram problemas antes ou coisas afins, mas fora isso, não consigo perceber.

bjitos

p.s - ja votei ;)

'C. disse...

é aquilo que se chama 'amigos amigos, negócios/trabalho/tudo o resto à parte' :P

A Gata Christie disse...

Por haver tanto porteiro idiota como esse é que deixei de ir a discotecas! Prefiro ir a um bom bar e não me irritar com gente idiota!

XS disse...

Juro-te que essa raça dos porteiros me causa mesmo urticária. Acham que por estarem à porta a rapar frio são mais do que os que vão ali para se divertirem. São uns tristes, coitados! Diz ao Geninho que nem se chateie com isso!

Beijinhos AZUIS! :)

Whispers disse...

Ola!

Historia muito bem contada...infelizmente na vida é assim,só podemos contar com a gente mesmo

Amigos são poucos....
Sinceramente,esse senhor porteiro alem de estúpido deve ser um ser muito mal com a vida,ou então o Geninho já aprontou alguma que o deixou mal:)
Beijinhos mil
Whispers

Patrícia disse...

Ora passei aqui para ver se me pagas o bagacito:D
E sim, hoje em dia, podemos contar connosco e, muitas das vezes, pouco mais que isso.
um beijinho e desculpa a ausência

Bruno disse...

Pois é maninho há people mega deff. Basicamente o individuo nem conhecido era...

Brigitte disse...

Há conhecidos assim, quando estão no dominio deles são uns porcos!!!!

:)
Boa semana

ZaniNE disse...

E são os funcionários que fazem uma casa... Com esse tipo de gente recalcada, não vão longe...

Manda cumprimentos ao Geninho! ;P

Beijoquinha.

Christiana disse...

ohhh :(
injustiça!
tadinho...tb nada lhe corre bem...
realmente é cada vez mais dificil sabermos com quem podemos contar nos dias que correm!
enfim, um beijinho*

p.s: o meu cantinho voltou com novas baterias :D

AB disse...

Essa história só prova que hoje em dia já não podemos contar com ninguém,nem com os que consideramos amigos.
Coitado do "geninho" deve ter ficado lixado e com toda a razão!
Beijinho

Ninja! disse...

É, às vezes é assim... Melhor mesmo é desconfiar até se conhecer muito bem. :)

Helena Mendes disse...

Como dizes: já nem se pode confiar nos amigos...


Quanto à sondagem: cheira-me que há muita batotice :-)

maria qualquer coisa disse...

que coisa! há pessoas que parece que é só pelo prazer de embirrar...

bjs

já votei!

Sofia disse...

Que porteiro atrasado mental...
Olha, convém darem xanax ao Geninho antes de irem para a noite - o homem não se pode "stressar com esses filmes".

Nem as gajas boas vos salvaram... não há condições

★ Aralis ★ disse...

Sou sincera, já conheci pessoas assim, mas nunca passei por tal situação, se calhar por ser mulher...

Agora que é uma situação estúpida, ñ poderem ir homens sozinhos, é.

As pessoas vão para beber um copo, descontrair, ñ necessáriamente para o engate!
E se entram mulheres, porque ñ homens?
Que disparate!

Bom, mas ao menos espero que no Bairro se tenham divertido.
jokas

Rosa disse...

Há que contar connosco. O resto são cantigas.

Salto-Alto disse...

É de lamentar quando já não sabemos com quem podemos contar... Enfim...

(vou votar agora!)


Beijocas!

Salto-Alto disse...

Oh, afinal eu já tinha votado!!!

CG disse...

Realmente, que idiota...
Big Kisses

Minhoca disse...

Foi lixado, eu diria mesmo foi uma coisa muito estupida de se fazer, eu não mais punha os meus pes em tal sitio.

Bjsss

Nuno disse...

Os porteiros têm muito a mania...

Um abraço,
Nuno.