sábado, 26 de dezembro de 2009

BOXING DAY...

E mais um Natal passou à história. Confesso que, para mim, esta época é cada vez mais vivida com menor intensidade, tornando-se quase idêntica a outras do calendário.

Estar na presença física, ou até mesmo na lembrança, daqueles que gostamos pode acontecer a qualquer momento do ano. Não é necessário o Natal. Basta haver vontade e... coração.

Acima de tudo, o Natal é o expoente máximo das festas para as crianças. O principal condão desta quadra é mesmo fazer sorrir os pequenotes. Se um dia tiver a felicidade de ser pai, acredito que a luz do Natal ganhará um brilho especial para mim.

Mas, para já, é um dia diferente, mas igual a tantos outros, em que a hipocrisia está ao rubro e a estupidez humana não fica em suspenso!

Ainda assim, e como guloso assumido que sou, não me fiz rogado à mesa. O dia 25, sobretudo, foi passado a 'atacar' forte. Enjoei de doces e, por enquanto, não os posso ver mais à frente...

De qualquer forma, e mesmo sem que tenha necessidade disso, hoje alguns doces já foram 'à vida' no habitual jogo de futebol semanal. Este sábado foi tipo um 'Boxing Day' à inglesa, com futebol no dia seguinte ao Natal.

O jogo acabou por ficar marcado pelo meu calcanhar. E não foi um semelhante ao que o portista Madjer celebrizou em 1987! Antes fosse... Terminei o jogo com o calcanhar meio lixado.

Do mal o menos, eu que tenho andado meio afastado dos blogs amigos, amanhã vou ficar o dia em casa a recuperar e aproveitarei para pôr as leituras em dia.

A dor de calcanhar é tramada, mas acho que é brincadeira quando comparada com as dores de cotovelo que muita gente sente... As melhoras!!!

Abraço/beijinhos e continuação de boas festas

17 comentários:

Kat disse...

Boxing day!! Eu se andasse por essas bandas era mais ao estilo Black Friday :) ia para as compras o dia todo aproveitar as promoções ehehehe

As melhoras Pedrito e pensando bem já há muito tempo que não visitas o meu estaminé!! Tá mal.. mas deixa lá eu enfrasco-me de bagacinhos por aqui na mesma ;)

Beijinhos :)

Nirvana disse...

Sem dúvida que as crianças são os reis por esta altura e dão outro brilho a esta quadra. Eu gosto do Natal, apesar de a minha família se reunir várias vezes por ano, exactamente os mesmos que no Natal,
Tu enjoado de doces?? Quase, quase que acreditei :D.
As melhoras para o calcanhar!!
Beijinhos

Viviane disse...

xi...já estragaste o calcanhar!

Buxexinhas disse...

Concordo! Eu gosto do Natal... mas porque tenho as minhas sobrinhas que me fazem decrescer na idade! :P As melhoras para o calcanhar! ;) Beijinho

BG disse...

Vê lá se para o ano, não te esqueces de pedir umas colunas ao Pai Natal...

Abraço

Shakti disse...

olha,as melhoras...dor de calcanhar é realmente uma....

bj

Liliana disse...

Passei só para agradecer a mensagem (esqueci-me de responder... sorry!) e para dizer que a piquena recebeu um equipamento do Benfica! Humpffff.... Mas não é que até fica gira? :)

Bjocas, as melhoras para o calcanhar e bom ano!

Karochinha disse...

Tens toda a razão, espero que a vida te traga essa felicidade de seres Pai e aí poderás experimentar o NAtal de outra forma!

Ai os doces, nem me fales disso, ainda bem que Natal é só uma vez por ano, senão não cabia nas portas, eheh!
As melhoras do calcanhar e cuidadinho, tenho um Txugo em casa de muletas por causa da teimosia do "isto não é nada" que a maioria dos homens põe a tocar de cada vez que se aleija!

Beijocas festivas ;)

Nuno disse...

Desejo-te rápidas melhoras! Espero que tenhas passado um bom Natal.

Um abraço,
Nuno.

teiasonhos disse...

O meu Natal foi pouco positivo, espero que o teu tenha sido melhor.
Um abraço e um ano 2010 muito feliz.
Lia

Hyndra disse...

Ui, dor de calcanhar! Nem me quero lembrar! Fiz um traumatismo no calcanhar há coisa de um ano por causa de uma queda de cavalo. Para esquecer!

Este Natal tb senti como nunca tinha sentido antes que é só mais uma altura para nos juntarmos com a família e que os presentes (para os adultos) não são o mais importante, nem estão lá perto! O que é bom é ver a família feliz, haver comidinha, saúde e estarmos todos juntos.

E o delírio das crianças com o pai natal e as prendinhas... isso sim, vale a pena!

albana disse...

dor de cotovelo é lixada!!! de calcanhar também deve ser!
As melhoras Pedro!

Aproveito e desejo-te tudo de bom neste Novo Ano que está mesmo à porta!

Bjinho

Girstie disse...

Vê lá se recuperas que o reveillon está aí a chegar :D

E mais doces tb eheheh

beijinhos

AB disse...

Tu consegues por em palavras tudo o que eu sinto em relação ao Natal, a hipocresia, a estupidez humano tudo isso somo nós que aceitamos fazer parte de algo com que não concordamos.
Mas passou, já é passado, O pior foi o teu calcanhar. Espero que melhores para entrares o ano em forma.
Desejo que 2010 seja o ano em que todos os teus sonhos se realizam e quea súde, a paz e a alegria não faltem na tua casa.
BEijinho e FELIZ 2010!

мα∂αℓєηα disse...

Não sei se posso voltar aqui antes do novo ano....isto até ao dia 1 é uma saga de comemorações :P

Por isso desejo-te já um óptimo 2010, CHEIO de coisas boas!!

Beijinhos :))

Isa disse...

As palavras são do poeta, o abraço meu. isa.

" Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial. Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão. Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para adiante vai ser diferente.

Para você, desejo o sonho realizado. O amor esperado. A esperança renovada. Para você, desejo todas as cores desta vida. Todas as alegrias que puder sorrir, todas as músicas que puder emocionar.

Para você neste novo ano, desejo que os amigos sejam mais cúmplices, que sua família esteja mais unida, que sua vida seja mais bem vivida.

Gostaria de lhe desejar tantas coisas. Mas nada seria suficiente para repassar o que realmente desejo a você. Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos. Desejos grandes e que eles possam te mover a cada minuto, rumo à sua felicidade!"

Carlos Drumonnd de Andrade

Anuska disse...

Pernocas jeitosas hehe olha eu fiquei surpreendida comigo mesma porque este Natal portei-me muito bem e resisti à mesa dos doces