terça-feira, 8 de novembro de 2011

UM EXEMPLO DE AMOR...

Ainda há escassos dias falei aqui de hospitais. Ironia do destino, hoje voltei a ir a um para visitar uma pessoa de família.

Chocam-me muitas situações que se vislumbram nos hospitais. Uma dessas situações é a das pessoas solitárias. Para muita gente, deve ser bastante triste sentir que não se tem uma única visita, sentimento, esse, agravado quando muitas vezes se olha ao lado e se vê os colegas de quarto a serem sistematicamente mimados por familiares e amigos. Contrastes que dão que pensar...

No quarto onde está esta pessoa da minha família, está uma senhora bastante idosa, com 90 anos ou perto. Junto a ela, estava uma senhora mais nova que a tratava com toda a doçura e amabilidade que a condição humana justifica, sobretudo nesta idade tão avançada e na situação em que se encontra.

Era meiga nos gestos, nas palavras e atenciosa com os mais pequenos pormenores. Pensei de imediato, e logicamente, que se tratava da filha da velhota...Vim a saber que afinal não era filha nem tão-pouco familiar! Era apenas uma vizinha da senhora.

O filho da senhora, esse, parece que não se rala muito com a mãe. Felizmente que neste Mundo da treta ainda há pessoas boas e exemplos como este. Um exemplo de amor...

Abraço/beijinhos

2 comentários:

Sayuri disse...

Quando ia ao hospital dar o almoço a minha avo, aproveitava e dava tambem a outras velhotas que la estavam.
Envelhecer na solidão é do pior que pode haver...

Anónimo disse...

Deve ser muito triste não poder ter os filhos perto nestas alturas. Afinal ainda existem pessoas boas e esta senhora é sem dúvida um exemplo de amor

xxxx