sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

E LÁ SE FOI MAIS UM NATAL...

Mais um Natal se passou. Confesso que este talvez tenha sido aquele em que menos estive imbuído no espírito natalício, por diversas razões. Para mim, esta época é cada vez mais igual a todas as outras do calendário.

Não preciso desta quadra para me lembrar, de coração, dos que me são queridos, faço-o no decurso do ano e não apenas durante dois ou três dias em que toda a gente, ou quase, o faz, por sentimento ou para ficar bem na fotografia...

Acima de tudo, o Natal é o expoente máximo das festas para as crianças, proporcionando momentos de pura magia aos mais pequenos, sobretudo aos que ainda acreditam na mítica figura do Pai Natal. Na minha óptica, o principal condão desta quadra é mesmo fazer sorrir as crianças, algo que não tem preço!

Depois - e para os que são gulosos como eu -, é uma época excelente para nos enchermos de doces, a ponto de não os podermos ver mais à frente durante algum tempo! Sejam eles os tradicionais doces da quadra ou outros que nos enchem as medidas...!!!

No restante, para mim, o Natal é como os outros dias. A estupidez humana não se pode desligar da ficha; há a alegria dos nascimentos e a tristeza das mortes e à noite os sem-abrigo continuam vasculhar nos caixotes a transbordar de lixo... à luz dos enfeites de Natal!

Talvez um dia, se tiver a felicidade de ser pai, volte a viver o Natal com outra intensidade... Por agora, vivo-o com a alegria que tento colocar em todos os dias da minha vida, apesar das adversidades. E neste Natal, bem como ao longo do ano, foram algumas... Melhores dias virão, com toda a certeza. Até lá, há que sorrir para a vida para ela também sorrir para mim!

Abraço/beijinhos

24 comentários:

XS disse...

Que nunca deixes morrer em ti essa vontade de vencer e esse optimismo e esperança!
Beijinho!

Isa disse...

Pedro,k a Vida sorria para ti!São os meus votos.Sinceros,até pq. ou digo o k sinto ou ñ digo nada!
Ontem passei com a Família e soube-me mt bem. "Estiveram" connosco,apesar de terem já partido,os meus Pais e o meu marido.
Beijoo.
isa.

Pandora disse...

Concordo com as tuas palavras. O natal é das crianças e aqui em casa as crianças já vão sendo crescidinhas, este ano senti a nostálgia dos tempos em que eram pequenos e aquela excitação de abrir os presentes que eram os brinquedos que eles tanto pediam.

Beijo e continuação de boas festas!

lilipat2008 disse...

Não podia estar mais de acordo com o que escreveste...o Natal está cada vez mais a perder o espírito de outrora, é tudo demasiado comercial e hipócrita...mas sobre isto ainda hei-de fazer eu também um post...:)

bjitos e que a vida nos sorria a todos...:)

GK disse...

Concordo com tudo o que escreves... Mas é empre marcante, não é? Os sem abrigo a vasculharem caixotes do lixo em frente a uma grande árvores de Natal enquanto nos deslocamos no quentinho do automóvel cheios de presentes e doces para casa da família tem quelquer coisa de (ainda) mais cortante...
Bom ano!

Tiago R Cardoso disse...

é uma visão...

Mesmo assim e por debaixo de toda esta sociedade consumista, eu ainda tenho a esperança e acredito que se viva o Natal como deve ser vivido.

Green Eyes disse...

Eu como sempre adorei o Natal, apesar de ainda estar em convalescença!
Só o facto de estar junto dos que amo faz “desaparecer” tudo o que é/foi “menos bom”.

Além disso acredito que o que vou fazendo ao longo do ano(ainda que seja uma gota no oceano) faz a diferença para algumas pessoas.

Bjs

Girstie disse...

Sim o Natal é um pouco mais para as crianças mas talvez nós tenhamos todos uma criança cá dentro :)
Acho que o que me cust amais é nesta altura vir toda a gente c sms a desejar bom Natal e no resto do ano n dizem nada. E sms todos feitos.
Mas o que conta são os que cá estão e com quem estamos todos os dias e neste dia também. :)
beijos

escarlate.due disse...

caramba não podias ter escolhido um docinho que eu goste???


espero mesmo que um dia quando fores pai consigas transmitir a teu filho essa tua última frase...

feliz natal para ti Pedro, nos próximos 365 dias

korrosiva disse...

Amar os outros, querer-lhes bem e estarem comigo é um desejo e um acto que pratico o ano inteiro ;)

beijinhos

escarlate.due disse...

olha tu vê lá o que fazes, olha que eu não suporto essa coisa aí em cima do bolo e que até o nome me causa vómitos.
mas se for chocolate ou mentol podes fazer posts às dúzias :D

Shakti disse...

Cá por casa o espírito foi vivido pelos miúdos...

bj

Lita disse...

Excelente texto. Sempre gostei do Natal, das noites divertidas, do riso. Mas o nascimento de um filho muda, mesmo, tudo. A magia renasce, como por encanto. :)

'C. disse...

apoiado e assinado, excepto a parte de ser pai. no meu caso é mãe :P

Bj

Nuno disse...

Concordo plenamente com tudo o que dizes, Pedro.

Um abraço,
Nuno.

Carla Sofia disse...

Pedro, este Natal também não foi o melhor para mim, mas a vida é para a frente e importa é viver cada dia o melhor possível. Esse bolo tem bom aspecto...
beijinhos

Isa disse...

Não poderia concordar mais contigo :)

Beijinho e bom ano ;D

PKB disse...

Ó meu querido amigo!
Espero bem que tenhas passado um bom Natal, apesar de tudo.
Eu passei-o de molho, por isso nem sequer tive apetite para comer os doces e acepipes natalícios.
Haja saúde, caramba! Haja saúde!

É um dia como os outros mas talvez não...

Beijinhos!

(quanto a natal com crianças... dispenso a barulheira, a excitação, a choradeira, a fortuna gasta em brinquedos inúteis... dispenso bem! prefiro passá-lo com adultos calmos...)

AB disse...

Concordo com tudo o que disseste. Afinal, o Natal deveria ser todos os dias e não apenas naquele dia estipulado pelo calendário.
Beijinho grande e continuação de Boas Festas.

susana disse...

Que o teu, o meu e o de todos sejam melhor para o ano. Quanto aos doces estou a ver que tb és fâ de coroa de frutos:)! Eu prefiro-a ao bolo rei e também cá tenho uma:)!!! Guloso!
su

Guguita disse...

A vida realmente faz com que deixemos de acreditar em algumas coisas... mas no Natal... sobretudo passado com crianças a magia volta nem que seja por momentos!!! Concordo com o que escreveste...

Beijinhos e um excelente 2009

Salto-Alto disse...

Concordo contigo, este ano foi o ano em que menos senti o espírito natalício. E sim, infelizmente a estupidez humana abunda em todos os dias do ano, bem dito! :)

sonhos/pesadelos disse...

O Natal tem tantas perspectivas diferentes como luzinhas que reluzem na árvore...eu como é a época que mais gosto no ano, sou suspeita para falar hihi
boas festas nino.
bjs endiabrados

Minhoca disse...

E melhores dias virão, vais ver, o novo ano vai ser melhor que este, pelo menos espero que sim:)

E pronto, espero que voltes a ter o espirito do natal noutro ano qualquer, e estou contigo o natal é uma loucura com os doces, eu que sou uma gulosa nesta altura perco a cabeça.

Um grande beijo