segunda-feira, 7 de setembro de 2009

UM SÁBADO NO LADO DE LÁ...


O meu grande amigo Girafa tinha bilhetes para a Festa do Avante. Assim sendo, como eu não conhecia aquele evento - apenas ele já lá tinha ido -, este sábado à tarde fiz-me à estrada. E lá fomos nós!

À saída de casa, o azul do céu prometia... Com o sol a brilhar e bastante escaldante, passámos o Tejo e o Cristo-Rei, rumo à zona do Seixal. Esta deslocação até à Margem Sul serviu, acima de tudo, para conhecer o ambiente daquela festa, mas também para passear, desanuviar e mudar de ares por alguns momentos.

Como não podia deixar de ser, era imperioso eu beber aquele cafezinho, sobretudo quando, a meio da tarde, o meu organismo ainda não tinha ingerido cafeína. Para o efeito, nada melhor que uma esplanada e uma paisagem agradável...

E por ali se esteve muito bem, até à curta viagem até à Amora. Depois da aventura que foi encontrar um lugar para estacionar, a missão seguinte era descobrir um café porreiro para assistir ao jogo da Selecção e reconfortar o estômago.

Findo o jogo, cujo resultado foi uma verdadeira injustiça para a equipa luso-brasileira - sim, isto é uma crítica assumida -, lá fomos em direcção ao recinto. Sem qualquer interesse político da minha parte, a minha atenção prendia-se com a organização e o conteúdo da festa propriamente dita.

Acho que a festa está engraçada: as barraquinhas e algumas músicas têm a sua piada, mas nada que me cativasse especialmente. Não desgostei, mas talvez tivesse gostado mais se estivesse com um grupo maior ou estivesse disposto a beber, não sei... No entanto, é igualmente certo que não sou apologista de grandes multidões - salvo raríssimas excepções - e estava confusão a mais para o meu gosto...

E assim se passou uma tarde e noite na outra banda...

Abraço/beijinhos

5 comentários:

Necas disse...

Talvez essa sensação se prenda com o facto de teres estado lá só uma noite e não estares "contextualizado". Eu nunca fui à Festa do Avante que é, ao que parece, uma festa cada vez menos "partidária"(dito por quem já esteve presente ) e mais multicultural.
Concordo contigo em relação à confusão: deve ser de levar as mãos à cabeça. É que é uma festa que abrange várias faixas etárias e tem, por isso, uma abrangência maior!

Sobreviveram à experiência e talvez para o ano acampem por lá! :P

Beijo Grande!

Anónimo disse...

Estás é a ficar velho!! lol
edite

Olhos Dourados disse...

Nunca lá fui nem tenciono ir.

Green Eyes disse...

Também já lá fui, há alguns anos quando por Sintra andava e também foi por curiosidade, mas confusões e multidões não é comigo, já o cafezinho...

Mas afinal divertiste? Nem que seja um bocadinho?

Bjs

Lactrodectus Mactans disse...

Cantaste o "Avante Camarada..." de bracinho dado?