sábado, 7 de novembro de 2009

REGRESSO AOS DESAFIOS

Já há muito que não alinhava em desafios. Já tinha visto este pela blogosfera e, como a Susaninha e a Hyndra, nos respectivos estaminés, me propuseram directamente fazê-lo também, resolvi aceitar. Aqui ficam as minhas respostas.

Mania:
Tenho algumas. Mexer o café mesmo sem lhe colocar açúcar é uma delas.

Pecado capital:
Gula. Sou um guloso de primeira, como já perceberam.

Melhor cheiro do mundo:
O meu cheiro quando saio do banho, depois de uma partida de futebol suadinha, o cheiro da Natureza e... a bagacinhos!!! Brincadeira. Eu não gosto de bagaço, acreditem!

Se o dinheiro não fosse problema...
Acho que viveríamos num Mundo melhor.

História de infância:

Lembro-me de algumas. Vou contar uma que um tio meu às vezes ainda recorda, fruto da ingenuidade própria de qualquer criança. Quando era pequeno, eu nunca queria comer coelho, porque tinha pena desse animal. Uma vez em casa da minha avó, na terra do meu pai, deliciei-me a comer coelho, pensando tratar-se de outra coisa qualquer. Enganaram-me os malvadões e ainda gozaram comigo!!!

Habilidade na cozinha:
Sou bastante hábil na cozinha, sobretudo no que trata a pôr e a apanhar a mesa. No entanto, a maior habilidade é mesmo sentar-me à mesa!!!

O que não gosto de fazer em casa:
Estar em casa sem nada para fazer. Quando falta a electricidade, por exemplo, é a deprimência total... (Contornei bem a questão, heim!!!)

Passeio para o corpo:
Qualquer actividade física que me dê prazer.

Passeio para a alma:
Conduzir, correr e passear na praia deserta, especialmente no Inverno.

Frase preferida:
"Não faças aos outros o que não gostas que te façam". Tento pautar a minha conduta com base nesta frase e penso que, pelo menos, na maioria das vezes consigo.

O que me irrita:

Acima de tudo, a pobreza de espírito de algumas pessoas com quem vou tendo a infelicidade de me cruzar ao longo da vida.

Frases ou palavras que uso muito:

"Boleirão", "Até choras", "Tranquilo", "Sim, às onze", etc...

Palavrão mais usado:
F***-se, especialmente quando jogo futebol.

Talento oculto:
Vai na volta sou um grande cozinheiro em potência e ainda não descobri!!! Se é um talento oculto é porque está escondido... Se descobrir, partilharei.

Não importa que esteja na moda, eu não usaria nunca:

Algo que não gostasse. Jamais. Olha quem...

Queria ter nascido a saber:
Se pudesse ter nascido a saber nadar, não era nada mau. Ainda hoje não sei. Já que falei em talentos ocultos, quem sabe se não ganharia ao Phelps!!! Mas dar-me-ia por satisfeito se pudesse 'andar' à-vontade, sem ter pé, numa piscina.

Lanço agora o repto a todos os que o queiram fazer também.

Abraço/beijinhos e bom fim-de-semana

16 comentários:

Lia disse...

"Sou bastante hábil na cozinha, sobretudo no que trata a pôr e a apanhar a mesa. No entanto, a maior habilidade é mesmo sentar-me à mesa!!!" A isso, meu amigo, eu chamo preguiça, e ainda por cima um preguiçoso guloso que come coelhos! Não vales nada!!!

Tou a brincar, até porque eu sou gulosa, preguiçosa e também como coelho! Só n bebo café....

disse...

Tu não sabes nadar? tá mal, nadar é uma das coisas mais fixes de se fazer. «Não faças aos outros o que não querias que fizessem a ti», já o fiz e já me fizeram, mas quem me fez e quem ajudou a fazer que passe pelo mesmo que eu, é merecido! E a tua habilidade na cozinha é perfeita... LOL

Bjocas e bom fds!

ci disse...

Olha n é que temos algumas coisas em comum? principalmente a arte de sentar a mesa...eh eh eh

beijo da ci

CarlaSofia disse...

Bom dia Pedrito, vou aproveitar e responder aqui...a algumas questões...lol
Mania: Esse é um hábito meu também. Não ponho açúcar, mas também mexo o café. Outra mania que tenho é não sair de casa sem os óculos de sol, mesmo que esteja a chover!
Pecado capital: Preguiça. Quando me dá, dá forte.
História de infância: levei para casa um cão velho e cheio de pulgas e tive de o devolver sem o meu pai saber... mas a casa ficou com pulgas...
Habilidade na cozinha: Sou o speedy gonzales a lavar a louça. É que assim que começo já só quero acabar...
Passeio para a alma: Um bom livro e ouvir música, contacto com a natureza, fotografia.
Passeio para o corpo: yôga e caminhadas.
Beijocas e bom fim de semana:)

Larose disse...

...mas tu nasceste a saber nadar!!!!!

Kat disse...

Adorei a habilidade na cozinha eheheeh.. devias experimentar cozinhar um dia para ver se esse é o teu talento oculto!!!

Guloso já deu para notar!!

Beijinhos :)

Miepeee disse...

Gostei bastante deste desafio e de te conhecer um pouco mais. Vou roubar :)
Beijinho e bom fim de semana.

João disse...

Sentar à mesa é uma habilidade que requer um treino intensivo, para quem não sabe, requer anos de experiencia, e eu mesmo ao fim de alguns soube e realmente foi a tarefa mais puxada que aprendi na cozinha eheheheh

Shakti disse...

Eu faço o mesmo ao café...só que acabo por ser mais requintada...digo que é para espalhar bem a espuma que deixa apenas em cima...lol

bj

Anuska disse...

Tb mexo muito o café, mas é porque normalmente bebo de manhã e ainda tou a dormir...fico ali feita parva a olhar não sei pa onde hehe

Susaninha disse...

HAHHAHA..E ASSIM CONHECEMOS O HÁBIL NA COZINHA BEM MELHOR:)
E não faças aos outros o que não gostas que te façam...APOIO INCONDICIONALMENTE....
Aulinhas de natação e sem medos sim Pedrocas:):)
SUUUUUUUUUUrrisinhos:)

Nirvana disse...

Grande habilidade na cozinha, sim, sim!! Também é preciso ter habilidade ;)
Grande frase a tua frase preferida. Seria um mundo perfeito, não??
Às onze, também uso imenso!
AhAhAh... Tranquilo???? Cá para mim, és um leão disfarçado :))
Bjks

мα∂αℓєηα disse...

Tens de ir até ao "mar morto", com a quantidade de sal q tem, ficas ao de cima mesmo q não queiras lololl depois é só apanhar o jeito ;)

Beijinhos :)

Hyndra disse...

Olha e estou mesmo envergonhada!

Tenho andado sem tempo desde a semana passada... e hoje vim aqui e só li o primeiro post.

E ainda nao vai ser agora que vou ler... vim só mesmo para me desculpar. Mas eu volto, já sabes! Até porque estou curiosa com as tuas respostas :-D

Hyndra disse...

lol Tb tenho uma história com coelhos na minha infância: eu gostava de comer coelho até ao dia em que os meus pais decidiram cozinhar aqueles coelhos branquinhos e felpudos com que eu andava ao colo desde que eles eram pequenos. Nunca mais pus tal coisa na boca!

Green Eyes disse...

de tudo o que li, algumas coisas já sabia, pelo o que aqui vais dizendo, na minha memória ficou a frase "até choras"...

e hoje finalmente consegui ler tudo e comentar...

beijinhos