sábado, 13 de fevereiro de 2010

MAIS UM PEDAÇO DE PB!!

Vi este desafio no Palpit' Aqui, achei interessante e resolvi pegar nele e fazê-lo também.

a) Tens medo de quê?


Da maldade dos outros...

b)Tens algum 'guilty pleasure'?

Fumar uns cigarritos de vez em quando...!!!

c) Farias alguma "loucura" por amor/amizade?

Talvez, depende da situação. Mas se não fosse por algo que envolvesse sentimento por outras pessoas, ia fazer uma loucura pelo quê?

d) Qual o teu maior sonho?

Tenho dois: ser pai é um deles; o outro fica em segredo...

e) Nos momentos de tristeza/abatimento, isolas-te ou preferes colo?

Não sou muito de me isolar e encontro uma boa mola no desafabo com os amigos, mas já tenho ultrapassado algumas situações isolado.

f) Entre uma pessoa extrovertida e outra introvertida, qual seria a escolha abstracta?

Extrovertida, claramente!

g) Sentes que te sentes bem na vida, ou há insatisfação para além do desejável?

Tento viver com o máximo de satisfação possível dentro da insatisfação que sinto. Não estando satisfeito, sobretudo profissionalmente, não posso deixar-me consumir pela infelicidade. Há que saber viver...

h) Consideras-te mais crítico ou mais ponderado?

Crítico. Gosto de transmitir as minhas opiniões, sejam elas boas ou menos boas...

i) Julgas-te impulsivo, de fazer filmes... paciente, ou...? (define o que te julgas no geral)

Penso que todos temos momentos de impulsividade, mas estou longe de ser impulsivo. Pelo contrário, sou bastante tranquilo. Não me chateiem a mim, que eu não chateio ninguém...

j) Consegues desejar mal a alguém e eventualmente concretizar?

O único mal que desejo são derrotas a Porto e Sporting!!! Obviamente, sou incapaz de desejar mal a alguém. Vivo com as minhas alegrias e as das pessoas que gosto. Infelizes aqueles que em vez de se satisfazerem com as suas alegrias, só o conseguem fazer com as tristezas dos outros... Frustrados!

k) Contens-te publicamente em manifestações de afecto?

Não gosto de me conter no que quer que seja. Mas depende de todo o contexto das situações, porque também não gosto muito de dar nas vistas.

l) Qual o lado mais acentuado? Orgulho ou teimosia?

Venha o diabo e escolha!!!

m) Casamentos Homossexuais e direito à adopção?

Concordo com os casamentos. Cada um deve ser feliz como quiser, desde que não prejudique ou envolva terceiros. A adopção envolve terceiros, aí sou contra.

n) O que te faz continuar o blog?

E eu lá consigo viver sem estes momentos de partilha com os meus ilustres leitores? Não consigo viver sem escrever... mesmo que sejam xaxadas!!!

o) O número de visitas ou de comentários influencia o teu blogue?

Fico contente se sentir que as pessoas gostam do blog, mas não influencia rigorosamente em nada o que escrevo. Quem gosta, come; quem não gosta, come menos!!!

p) Como seria a tua blogosfera ideal?

Nunca pensei nisso. Mas penso o mesmo que acerca do mundo real: cada um deve ser como é e não querer agradar a ninguém, sendo o que não é. Qual o nexo de ter um blog e não ser assim?

q) Deviam haver encontros de bloguistas? Caso sim, em que moldes? Caso não, porquê?

Se há bloguistas que se querem encontrar uns com os outros, qual o problema? Quanto aos moldes, são os moldes em que eles quiserem e acordarem.

r) Sabes brincar contigo mesmo e rir com quem brinca contigo?

Adoro rir e brincar, com os outros e comigo mesmo. Acho que muitas vezes para ultrapassarmos as coisas menos boas, mas não muito graves, é bom termos essa capacidade de rir de nós próprios.

s) Já agora, qual, ou quais, os teus piores defeitos?

Orgulho, teimosia e, muitas vezes, pensar que os outros pensam da mesma forma que eu... Isso pode trazer dissabores.

t) E em que aspectos te elogiam e/ou achas ter potencialidades e mesmo orgulho nisso?

Se eu fosse a dizer, as mulheres não me largavam!!! Brincadeira. Falando a sério, ninguém pode dizer que traí a minha amizade com ninguém. Depois, diz-se por aí que sou bom conselheiro...

u) Entre uma televisão, um computador e um telemóvel, o que escolherias?

Se calhar o computador. Sempre me parece mais abrangente.

v) Elogias ou guardas para ti?

Já referi que gosto de dizer o que penso. Tal como em relação às críticas, não poupo nos elogios! Mas há quer ter a noção individual da crítica e do elogio. Não se pode criticar e elogiar da mesma maneira toda a gente. Um elogio rasgado para uns pode ser um estímulo, mas para outros pode servir para estragar a pessoa. Elogiar sempre, mas de forma inteligente. O mesmo se aplica às críticas.

w) Tens a humildade suficiente para pedir desculpa sem ser indirectamente?

Sem qualquer problema.

x) Consideras-te, grosso modo, uma pessoa sensível ou pragmática?

Sou mais para o sensível, mas já fui mais. Acho que é preciso haver um misto de sensibilidade e pragmatismo e, nesse sentido, estou a evoluir.

y) Perdoas com facilidade?

Um simples erro perdoo facilmente. Todos erramos... Mas quando esse lapso se verifica por assentar em ausência de valores que para mim são sagrados, a cruzinha está feita. E com tinta permanente!

z) Qual o teu maior pesadelo ou o que mais te preocupa?

Perder, de forma irreversível, qualquer pessoa que goste.

Lanço agora o mesmo desafio a todos os que gostaram do mesmo. Força!

Abraço/beijinhos e bom fim-de-semana

3 comentários:

Nirvana disse...

Gostei imenso de ler mais um bocadinho de PB. Do que vens transmitindo nos teus posts, as resposatas não me surpreendem.
Mas, Pedrinho, não podes tirar o Sporting daí?? Please?? É que eles já não precisam que alguém lhes deseje derrotas. Tratam disso eles próprios! Mas estou em blackout em relação ao futebol!
Beijinhos

Hyndra disse...

Eu já respondi a esse desafio. Acho muito giro que tenhas o sonho de ser pai...fizeste-me lembrar o meu namorado que de vez em quando também se sai com essa. Acho bonito! :-D

Kat disse...

Tu fumas????? Não fazia ideia!!

E já comecei a desejar também derrotas ao Sporting de Braga :)

Gostei muito de te ler neste desafio

Beijinhos :)