segunda-feira, 13 de outubro de 2008

"CAMBADA DE COXOS!"

Ontem. O meu estado de ressaca impedia-me de estar na plenitude das minhas capacidades físicas; o tempo estava cinzento e triste. Este não era, definitivamente, um cenário convidativo a saídas. Tudo se conjugava, portanto, para um daqueles domingos de anhanço caseiro.

Era essa a minha intenção. No entanto, ao final da tarde, fui incapaz de resistir mais. Não havia nada de interessante para ver no pequeno ecrã, apenas passavam aqueles filmes da treta, claramente típicos de domingo à tarde... Estava farto de estar em casa e a começar a dar em doido! Não me pude coibir a ir dar uma volta.

Fiz-me à estrada. Encontrei à minha frente o autocarro de uma equipa de futebol, que tinha vindo disputar um jogo aqui à zona. Se a qualidade do veículo era boa, já o mesmo não posso dizer da condução do mesmo. Bem, aquela mudança de faixa feita à toa... Para os atletas que gostam de sentir a adrenalina, deve ser fantástico andar naquele autocarro com o 'coração nas mãos'! Pela amostra, presumo que isso suceda de vez em quando...

Felizmente, parece que o meu anjinho da guarda anda constantemente atento. Sempre que apanho um 'nabo' ou 'nabiça' na estrada, lá vem ele 'segredar-me ao ouvido': "Cuidado, que este é um perigo". Graças ao meu desconhecido protector, tenho conseguido fugir das inadvertidas manobras do pessoal que tirou a carta na famosa 'Farinha Amparo'.

Mesmo nessas situações, consigo manter a calma. Não sou daqueles que começa logo a chamar nomes às progenitoras ou às mulheres dos condutores. Normalmente, a minha forma de criticar esse tipo de erros é aplaudir ironicamente. Ao ultrapassar o autocarro, ia já preparar-me para bater as palmas ao senhor. Todavia, não houve aplausos, uma vez que quem ia ao volante era uma senhora... Como a aselhice não gerou consequências, respeitosamente, acabei por me conter!

Sou dos homens que não defendem a ideia de que "mulher ao volante é perigo constante". Pelo contrário. Porém, neste caso, ao ver aquela manobra prodigiosa, digo claramente que aqueles jogadores correm um risco enorme: temo que a designação de "coxos" que os seus adeptos lhes dão, quando perdem, se estenda às outras pessoas e na forma literal do termo!

Abraço/beijinhos

25 comentários:

Rosa disse...

Há manobras de azelhice tão tipicamente femininas...! Uma tristeza.

S.A. disse...

LOL, LOL

Pedro...

Não me consigo conter, rio ( de rir) do início ao fim, primeiro podias ter ficado em casa e copiar a ideia do meu marido e fazer folhados para a cônjuge!

Depois, achei-te um cavalheiro...LOL, não insultáste a motorista!

Por fim acho que deves dar Graças ao teu Anjinho-da-Guarda e ao teu "Golfinho" que tão ágil se mostra no asfalto (já tive um!)


Agora sobre os meus cachorros, tás a ser injusto, eles "lambem" toda a gente... são tão mansinhos!LOL

1000 beijinhos


Sandra

Pedro Barata disse...

Além de solteiro (e bom rapaz, claro está), deixo a questão: será que os meus folhados ficariam comestíveis? Oh mãeeeeeeee.... ;)

Gil disse...

:) Merecia umas palmas??? Bom eu acho que a dita condutora merecia sim umas palmadas... Ha coisas que as mulheres não conseguem fazer como os homens e conduzir é uma delas... :P

Abraço

Green Eyes disse...

Independentemente do condutor, ou da aselhice, não deverias bater palmas…
é que é perigoso conduzir sem as mãos no volante…

bj

Raquel Barros disse...

Admito que as mulheres não têm aquela sensibilidade para a condução... pelo menos a maioria. A indecisão de agir leva muitas vezes a que assistamos a tantas azelhices na estrada. Se bem que ultimamente tenho reparado que a maioria das azelhices que presencio se devem a senhores de idade já avançada lol Os reflexos já não são o que eram!!

Raquel Barros disse...

Parabéns ! Tenho notado que cada vez tens mais fãs :) E isso nota-se pelo crescente número de bagacinhos
Jokas **

Latrodectus mactans disse...

Obrigado pelo convite, tens um belo espaço. Virei cá mais vezes =)
Conheço mulheres que conduzem muito melhor do que eu...has-de me arranjar um anjo da guarda igual ao teu para eu também não ter azar...até agora tem corrido bem :D

korrosiva disse...

A Sra motorista estava a ensinar os jogadores a fazerem fintas!!

Tenho de ser eu a explicar tudo??
ehehheh

beijinho ;)

filipa disse...

Aplaudir os condutores? Ora aí está algo que nunca me tinha ocorrido! ahahahah que classe, és um senhor! Se a moda pega... vão faltar mãos para os volantes com tanto aplauso necessário! :p

Beijinhos

DANTE disse...

Eu cá para mim , com os arbitros todos sob escuta , acho é que começaram a comprar os condutores do transporte da equipe adversária...
eheheheheheh

E ouve lá pah? Onde raios é que tá o bagaço??? Ai o licori...

Um abraço e vou dar por aí mais uma 'vista de olhos.'
(nunca percebi esta expressão)

Pedro Barata disse...

Oh Dante, se me cruzasse com o autocarro antes do jogo, e não depois, acreditaria plenamente na tese de suborno aos condutores das equipas adversárias!!! Ehehehe
Bem, mas o certo é que perderam... e também não vi os sustos que apanharam antes, vai na volta foram para o jogo com as perninhas a tremer!!!

Abraço e obrigado pela visita, vai aparecendo

Miss Candy disse...

Sim, também me lembro do Duarte e Companhia! Belos tempos! Bem, em relação ao post, só vou dizer que há condutores e condutores e condutoras e condutoras... nao se pode apontar o dedo apenas a um dos sexos. Bjs!*

tronxa disse...

se fosse eu a conduzir a minha equipa que tinha perdido... havias de ver!!!!

haviamde chegar verdes a casa e assim ja nao perdiam mais nenhum jogo!!!

para grandes males, grandes remedios!!! asenhora condutora vai ganharo premio de melhor treinadora nacional... fixa bem o nome da ekipa!!!

eheehheh

Vanda disse...

Eheh... coitada da rapaziada... será que o jogo tinha corrido mal? Queres maior castigo que serem "conduzidos" assim até casa? LOL... Beijoca

maria qualquer coisa disse...

Há mulheres que meu Deus, são um perigo! Literalmente!

eu própria qd vou com o marido no carro e vejo manobras estupidas e com altas probabilidades de dar para o torto, admito que digo mt mais depressa... Eu vi logo q era mulher! Ou então é um velhote... lol

ah ah ah

Ferreira-Pinto disse...

Azelhas ao volante há-os de toda a espécie e feitio ... calha também às mulheres.
Grato pela visita ao meu espaço fotográfico. Deixo o repto em relação ao convite, mas desta feita para o NOTAS soltas, ideias TONTAS onde cinco autores discorrem e ... olhe, apareça! Se quiser.

albana disse...

cá para mim o jogo correu mesmo mal e a senhora ia um bocadinho descontrolada...
e uns sustos, talvez ajudem no proximo jogo

bjinho

a lua parece sempre tão perto, e a casa da avó maria ñ se vê da janela do quarto

Salto-Alto disse...

pois, por muito que me custe, tenho que admitir que já vi manobras que podem considerar-se perigosas e femininas,uma vez que só vejo mulheres a protagonizá-las...

Vício disse...

pelos vistos ainda não sabes que um autocarro desses clubes é um veiculo prioritário! onde é que tiraste a carta?

susana catarino disse...

acho q a azelhice não tem nada a ver com o sexo feminino ou masculino... é azelhice e ponto final:P mas vá lá, quem nao gosta d um bocadinho d adrenalina como a q os meninos futebolistas tiveram a oportunidade d experimentar? lololol

Miguel disse...

Obrigado pela visita :D

Vou voltar mais vezes ;)

Sol disse...

Toda a gente faz manobras perigosos, páh!

Sejam homens ou mulheres.



jinhos.

nika_liu disse...

Há bons condutores e maus condutores sejam homens e mulheres.

Girstie disse...

Hum bem propósito também do que escrevi. Eu não me considero um ás na condução mas faço diariamente muitos km. Homens, mulheres há aselhas e os apressadinhos. Mas geralmente as mulheres são tidas como as aselhas e os homens como os maiores. E ambos põem em risco a vida dos outros que andam ali à mercê deles.