quinta-feira, 16 de outubro de 2008

UM FUTURO PROMISSOR... OU NÃO!

Na passada sexta-feira fui com uns amigos a um bar onde costumamos ir com relativa frequência. Não íamos lá há duas semanas e fomos surpreendidos pela mudança registada. E que alteração!

O espaço mudou de gerência e de nome, mas, numa primeira impressão, parece que a troca não augura nada de positivo para aquelas bandas. Vejam os 'tiros no pé':

- Escolhemos sentar-nos nuns sofás, mas fomos recambiados para uma mesa. Os sofás estavam reservados, sem qualquer indicação nesse sentido, e a mesa tinha três cadeiras e nós éramos quatro (tivemos que estar à espera que alguém saísse)! Nada mau, para começar!

- A empregada, e também dona do espaço, estava um bocadinho, digamos, atrofiada. Utilizo este adjectivo, uma vez que ela mostrou sempre boa cara e nunca expressou má-vontade. Talvez a experiência dela na função ainda não seja muita.
1.º - Trouxe-nos uns aperitivos que, repentinamente, levou, deixando uma amiga que se estava a deliciar com os salgadinhos de água na boca (Deixar uma pessoa com desejos é coisa feia, mesmo não se tratando do que uma senhora que traz uma criança no ventre!);
2.º - Levou também o cinzeiro, e não trouxe outro de volta, quando essa mesma amiga estava a fumar, o que me fez ir buscar outro na mesa ao lado (Grande falha! Onde será que ela queria que a minha amiga apagasse o cigarro?);
3.º - Apareceu com cinco cafés em vez dos quatro pedidos (Será que, com a quadra natalícia a aproximar-se, alguém tem a simpatia de oferecer um DVD da Rua Sésamo à moçoila?);
4.º - Fez uma grande confusão com o cartão de consumo, que ela própria preencheu, e bem, levando-o de volta e trazendo-o na mesma, claro! (nítido auto-atrofianço)

Mais tarde:

- Fomos jogar setas e, não sei se alguém responsável reparou, há ali um pilar que atrapalha um bocadinho. Não muito, mas um bocadinho! (Um bom pretexto para quem sai derrotado do jogo!).

- Por fim, como qualquer casa-de-banho moderna, também ali existem aqueles sensores que fazem com que a luz acenda ou apague automaticamente. Só que o do lado masculino estava meio marado. A luz acendia-se e apagava-se durante segundos a fio... (Imaginem alguma vez que foram à casa de banho e um primo mais novo se pôs a brincar com o interruptor. É mais ou menos isso. Além de irritar profundamente, depois, se a pontaria falhar, não se queixem!)

Mas, pronto, no final a rapariga até foi simpática e convidou-nos para, da próxima vez, irmos fazer um jogo de setas com ela. A ver vamos...

Será que corremos algum tipo de perigo se o fizermos? O que acham?

Abraço/beijinhos

28 comentários:

Minhoca disse...

Vá, não custa tentar uma vez mais, uma nova ida lá pode correr melhor, no entretanto a moça já esta com um maior a vontade e a coisa já corre melhor.

Bj

DL disse...

Bem tu andas mesmo em grande reparas em tudo!!!Isto é mesmo olho de jornalista!!!Continua meu caro que atua oportunidade vai chegar, até lá vai-nos deliciando com as tuas histórias.

korrosiva disse...

Secalhar era o primeiro dia de bules da rapariga... e no primeiro dia mesmo se formos competentes no que fazemos, estamos sempre um cadito a anharrrrrr :/

beijinhos

@me@@@ disse...

pois, de facto tiveram azar, é muito normal mudar a gerência e com ela tudo piorar, recentemente passei pelo mesmo mas num restaurante, ao fim de lá estar ao fim de 5m nem me precisei de esforçar muito para perceber que a gerência tinha mudado!!!!

albana disse...

tirando as setas parecia a descrição de um barzinho todo remodelado k encontrei este verão em terras do sul...um atrofio.

bj

sofialisboa disse...

vim agradecer-te a tua visita, quanto ao café eu cá não voltava. sofia

Liliana disse...

Va la Pedro, têm de la ir novamente pelo menos mais duas vezes, pois dizem que a terceira e de vez,eheheh...

Bj

Sol disse...

Hehehe!!!


Eu tbm axo que devem outra vez.
pode ter sido tudo nervissimos e da próxima corre melhor.

Só não oercebi a do cinzeiro???


è uma esplanada?
Ou pode-se fumar lá dentro?


jokas.

Pedro Barata disse...

Em princípio vamos voltar lá, dias maus todos temos e ela devia ser inexperiente, apesar de não ser o primeiro dia!
Quanto ao cinzeiro, foi dentro do bar, pode fumar-se lá!

Beijinhos e abraços

AB disse...

Eu acho que deves dar uma segunda oportunidade á senhora. ÀS tantas ela até era nova naquilo, e daqui por uns tempos pode ser que a coisa até corra melhor.

paulofski disse...

Vim cá ao teu "bar" retribuir o convite ao bagacinho que me fez lá no gabinete. Bonito espaço, sim senhor. Quanto à história, quando se mudam hábitos nós estranhamos sempre. A rapariga perceberá a coisa mais tarde ou mais cedo. Já as luzinhas pisca-pisca do wc, sempre que lá voltares, mexe-te!

Abraço. Volta sempre.

Baninha disse...

Venho retribui o abraço, e desejar-te felicidades para o espaço, que isto de fazer rir dá vontade de chorar...


Toma lá e vai buscar...

Saudações do Baninha

Girstie disse...

Com tanta confusão ainda espeta algum seta num sitio errado...mas tb toda a gente merece uma segunda oportunidade. Se bem que nao esteve fácil a noite...

ps: ainda n tinha adicionado aos favoritos, mas agora já não desculpa. eu não gosto de bagaço, mas deste até gosto :)

Tiago R Cardoso disse...

Grandes mudanças, grande confusão...

Pessoalmente não sei se voltaria lá...

DANTE disse...

Vai ganhar de certeza ás setas. Se baralhar as contas é sem dúvida em favor dela.
Um conselho:não apostem dinheiro!
lololololololololol

Um abraço barata

B. disse...

Eu n sei se ariscava... mas vá, pelos vistos era só meio atrofiada... s fosse atrofiada e antipáica era bem pior!
Oh coitado do homem do sinal... =S ele podia ter a carta à pouco tempo... falo por mim k sou meio Amélia, lol s alguma vez m virar a atirar um sinal ao chão n fotografe por favor =P

Gostei do blog
Passo mais vezes ;)
*
B

'C. disse...

há coisas horríveis, não há ??

Latrodectus mactans disse...

Hummm, devemos estar onde nos sentimos bem. Claro que ficaste com curiosidade de voltar...e porque não? Se houver uma falha maior do que essa,como cobrar 5 euros a mais por uma cerveja então sim. GoodBye maria Ivone!

Abraço

maria qualquer coisa disse...

pois eu se fosse a voces aceitava o amavél convite...errrr... nunca se sabe com que tolo se está a falar...

lol

Aralis disse...

Tadita da mocinha...lol
É ver como corre quando já estiver mais integrada... acontece a todos os primeiros dias às vezes podem ser complicados...

P.S.: Bem sei que não havia necessidade, no entanto, e porque ao conhecer fiquei fã, decidi galardoar no meu singelito espaço este blog com um prémio!
Continuação de excelentes posts e obrigada pela divertida leitura!Bjitos

joshua disse...

Não há dúvida que são muitos contras. Não sei se lá voltaria.

Abraço

Kath disse...

Bem, de tudo o que me ficou mais foi mesmo o joguinho de setas.. É que cafés a mais, problema dela, cinzeiro em falta (penso que ainda exista chão por esses lados, por menos bonito que seja, mais uma vez a culpa e o problema eram dela), os salgadinhos (era a zelar pela linha da tua amiga, tu é que não percebeste :P) Agora.. Convidou-vos para um jogo de setas.. Mas o busílis é: com pilar ou sem pilar?

susana catarino disse...

eu arriscava ir lá outra vez e ver se agora, com mais experiencia, as coisas corriam melhor... mas não arriscava o jogo se setas..eheh;)

gaivota disse...

Vê-se logo que és jornalista porque a cada sitio que vais reparas sempre nos pequenos pormenores.
Saudações

Nuno disse...

Quando eu vou a algum sítio e alguma coisa não corre bem, dou sempre o benefício da dúvida e volto uma segunda vez. Assim, fico com uma ideia se o que correu mal à primeira foi apenas uma maré de azar ou se é mesmo assim. :)

Um abraço,
Nuno.

Patrícia disse...

eu acho que não tinha saído de lá sem reclamar lol, mas isso sou eu...
quanto ao jogo de setas com ela...cuidado...ainda faz de vocês o alvo :-D

quase Eu disse...

mas k belo serão, sim senhor...

vanda disse...

Pedrocas da 2ª vez as coisas ate q n correram mal!!! excepto a parte em q perdi o jogo claro...hehehe Mas eu n desisto...lol
bjinhos