segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

PEDIDOS AO PAI NATAL...

Ficou ontem concluído o inquérito aqui lançado, com a questão "o que pedirias ao Pai Natal?". A participação no mesmo foi bastante satisfatória, 107 votantes, e agradeço a todos aqueles que contribuíram com o seu 'clique'.

Da análise dos resultados, sobressai o descontentamento dos leitores, relativamente à situação do País, em termos de trabalho e governação.

As respostas "um novo emprego" e "um novo Governo para o País" foram as mais votadas pelos visitantes do 'tasco'. Isto num inquérito onde se comprovou que nem todas as sogras merecem simpatia!!!

Aqui fica o resultado final do inquérito:

Novo emprego - 22 votos
Novo Governo para o País - 20
Outra coisa - 17
Viagem de sonho - 16
Nova casa - 8
Computador novo - 6
Novo amor - 5
Filho - 4
Outra sogra - 3
Novas amizades - 2
Televisão nova - 2
Casamento - 1
Outro electrodoméstico - 1

Pessoalmente, aquilo que pediria ao Pai Natal seria mesmo um novo emprego. A vida não está fácil e sei que merecia um pouco mais de sorte e oportunidades.

Infelizmente, conheço uma pessoa me poderia criar 'aquela' oportunidade de sonho. Essa pessoa poderia contribuir para, caso eu aproveitasse essa oportunidade - e não a iria deixar fugir -, operar uma extraordinária mudança na minha vida, mas não parece estar interessada em vestir o gorro de Pai Natal e ajudar... Coisas da vida.

Desabafos e mágoas à parte, diz-me tu agora: o que pedirias ao Pai Natal?

Abraço/beijinhos

4 comentários:

Anónimo disse...

Benfica campeão!

Nirvana disse...

Apesar de ser um completo cliché: saúde, apenas pediria isso, saúde física e mental ;)
Quem sabe o Pai Natal não aparece mesmo por aí? Espero que sim, Pedrito :)
Bjnhs

Amelie disse...

Estou contigo nessa do emprego. Apesar de gostar do que faço, sei que tenho um contrato a acabar em Junho. E adoraria que até lá me surgisse uma oportunidade aliciante de trabalho. Terei que fazer por isso.

Claudia Martins disse...

pois a vida realmente não é nada fácil, e para quem está no desemprego ainda mais. Eu não sou exigente, não peço nada ao pai natal por enquanto, espero que ele me dê boas oportunidades ao longo do ano,tal como tem sido. Chega-me. Por agora é ser feliz.


Natal deveria ser todos os dias e infelizmente não é.