terça-feira, 14 de dezembro de 2010

SAUDOSA RECORDAÇÃO DE NATAL (DO FUNDO DO BAÚ)...

O Natal aproxima-se. Para mim, esta quadra destina-se, essencialmente, às crianças. São elas que vivem a quadra com inigualável magia, sobretudo as que ainda acreditam na figura do Pai Natal. O sorriso que o Natal proporciona aos mais pequenos - infelizmente não a todos, como seria justo - é, a meu ver, o principal condão da época natalícia.

Assim sendo, hoje fui buscar 'uma coisa' da minha infância ao fundo do baú para partilhar com vocês. Tem já algum pó acumulado!!!

Trata-se de algo do tempo dos meus Natais de criança, quando esse período era mais mágico que nunca, e que ficou guardado na minha memória. Creio que, desse lado, muitos trintões e muitos trintinhas terão, igualmente, gratas lembranças do seguinte vídeo...

Este anúncio era uma referência na publicidade natalícia que invadia as nossas casas, nos Natais dos anos 80. Por mais vezes que a visse, esta publicidade prendia sempre a minha atenção...

Quem se recorda deste 'velhote guloso'?

Abraço/beijinhos

4 comentários:

Anónimo disse...

Ja nao me lembrava disto, mas foi engraçado teres metido isto aqui. Recordo-me bem.

Pingos de Chuva disse...

Existe melhor anúncio de Natal do que aquele que, passados 25 anos (ou á volta disso), ainda muita gente se lembra dele? :)

Karochinha disse...

Até me arrepiei, ainda no outro dia andava a "cantarolar" este anúncio à minha Txuguinha, já nem me lembrava de tudo o que o velhote dizia mas tentei!

Sem querer ser melancólica, que bons velhos tempos, vivemos infâncias muito especiais...brinquedos no sapatinho no dia 25 de manhã, a velha história do Pai Natal que vinha pela chaminé...hoje o Pai Natal é um membro da família que vem antes da meia noite do dia 24 e tem todos os presentes que as crianças pediram anteriormente....enfim!

Obrigada por este momentinho delicioso!

Beijocas ;)

Claudia Martins disse...

não me recordo dessa publicidade, serei eu mais nova, mas ainda ontem escrevi sobre o quão mágicos eram a minhas quadras natalícias. Realmente enquanto somos crianças, tudo tem outro significado e sentido.


Bem, desejo-lhe então uma Feliz Natal.

ps: já respondi ao inquérito em cima, coloquei um novo emprego, na verdade dentro de meses vou à procura do primeiro emprego a sério, vamos lá ver o que saí.